Notícias Viva Mais

Qualidade de Vida PUBLICADO EM 06/04/2017

07 de Abril: Dia Mundial da Saúde

Para comemorar a data, Viva Mais destaca o envelhecimento saudável

Participação do Dr. Jonas Gordilho, médico geriatra

07 de Abril: Dia Mundial da Saúde

07 de abril foi a data escolhida para comemorar o Dia Mundial da Saúde, a mesma da criação da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 1948. O objetivo principal deste dia é conscientizar a sociedade a respeito da importância de manter corpo e mente saudáveis, além de alertar a população sobre a prevenção de algumas doenças. Para comemorar esta data especial, o Viva Mais Viva Melhor convidou o Dr. Jonas Gordilho, médico geriatra, para abordar a importância do envelhecimento saudável. De acordo com informações da OMS, a faixa etária de idosos é a que mais cresce em todo o mundo. Em 2050, cerca de 2 milhões de pessoas, uma em cada quatro, terão mais de 60 anos.  Por isso, é importante destacar cuidados importantes, no dia-a-dia de cada um, a respeito da alimentação e dos hábitos de vida saudáveis. 

Segundo informações do Dr. Jonas Gordilho, “é fundamental se alimentar com verduras, frutas e ter um bom aporte proteico (frango, carne e peixe). É importante, também, evitar produtos industrializados, gordura saturada, gordura trans, excesso de carboidrato (não somente naqueles que têm doenças, como diabetes ou pré-diabetes) e excessos na ingesta de sal (principalmente nos hipertensos). Além disso, é muito importante que todos tomem bastante líquido, tenham uma boa ingesta de cálcio, principalmente  naqueles que têm osteoporose ou problemas ósseos”. 

Envelhecimento X Qualidade de Vida
Associado à alimentação, é importante ressaltar que os hábitos de vida saudáveis precisam ser rotineiros. Realizar atividades físicas diariamente, por exemplo, é muito importante. Dr. Jonas afirma que “já foram comprovados, em vários estudos, que atividade física, tanto aeróbica quanto musculação, previne muitos problemas de saúde. Sabemos que as atividades físicas aeróbicas, como caminhadas ou atividades mais fortes, podem prevenir doença cardiovascular e atividade que envolva musculação ou exercício resistido, está associado a uma melhora do sistema locomotor e prevenção de quedas. Então, é importante que, quando o indivíduo não tenha contraindicações, faça musculação, se possível. Outras atividades, como alongamento e atividades de equilíbrio, como o tai chi chuan, são recomendadas para aqueles idosos com risco de quedas”. 

Envelhecimento X Prevenção
Todas as pessoas devem ser acompanhadas, com seu médico assistente, e fim de realizarem exames preventivos, como para prevenção do câncer de mama, de câncer de colo, de complicações de diabetes, hipertensão e outras doenças crônicas. Esses exames devem ser individualizados, de acordo com cada paciente, sua idade e suas comorbidades.

Como encarar os problemas da idade?
“Existem dois conceitos importantes na geriatria: a senescência e a senilidade. A senescência é o conceito de envelhecimento natural (cabelos brancos e pele enrugada, por exemplo), que é esperado pela idade. Já a senilidade é o envelhecimento patológico causado por alterações genéticas associadas a hábitos de vida e estímulos ambientais externos (a hipertensão que leve a um acidente vascular encefálico e que o indivíduo perca a capacidade de deambular sozinho, por exemplo)”, destaca Dr. Gordilho

A senilidade não deve ser encarada como um problema normal da idade, uma vez que se refere a um envelhecimento patológico. “Outra questão importante é que, de acordo com o conceito de saúde ampliado da OMS, não é apenas a ausência de doença, e sim, o bem estar físico, mental e social. Ou seja, mesmo que o indivíduo  seja portador de doenças crônicas, ele pode gozar ds boa saúde”, acrescenta o médico.

Sendo assim, a dica do Viva Mais para o Dia Mundial da Saúde é: reflita sobre os seus hábitos de vida, eles podem te ajudar a viver uma vida plenamente produtiva até a terceira idade!

Compartilhe essa notícia: