Notícias Viva Mais

Ortopedia e Traumatologia PUBLICADO EM 05/09/2020

Fraturas no joelho acometem pacientes jovens e idosos

Com participação do ortopedista Dr. Gustavo Azi, especialista em Cirurgia do Joelho

Fraturas no joelho acometem pacientes jovens e idosos

Os traumas podem ocorrer tanto em jovens quanto em idosos, os traumas em jovens são chamados de traumas de alta energia, pois são causados por acidentes, como por exemplo, acidente com veículo ou atividade esportiva de grande impacto no joelho, os traumas em idosos são chamados de traumas de baixa energia, pois estão relacionados ao desgaste da articulação devido à idade.

Os sintomas da fratura no joelho:

De acordo com o especialista Dr. Gustavo Azi “o diagnóstico da fratura é feito através de radiografia simples  que é o exame padrão ouro para se basear e iniciar o tratamento. Além disso, a tomografia computadorizada e a ressonância nuclear magnética podem detalhar mais a lesão, porque, muito provavelmente, podem existir outras lesões, como lesão na superfície da cartilagem, lesões ligamentares ou meniscais, que só são vistas em exames como a Ressonância Nuclear Magnética.”

Acrescenta o Dr. Gustavo Azi, “essas fraturas podem acometer três tipos de osso diferentes (patela, tíbia e fêmur), então, pra cada um desses ossos, existe uma indicação específica. No caso do joelho, especificamente, a associação de lesões intra-articulares, como lesão meniscal, lesão ligamentar e/ou lesão condral, vai fazer com que o ortopedista tenha que ter um arsenal muito grande terapêutico, tanto do ponto de vista conservador quanto do ponto de vista cirúrgico. Por isso, é fundamental procurar um médico especialista em ortopedia para avaliar as condições da região afetada.”

Para prevenir as fraturas, no caso dos idosos, devem evitar o uso de tapetes, adaptar a casa para que não ocorram possíveis traumas e prevenir doenças que ocasionem perda da massa óssea. No caso dos jovens, devem ter cautela e utilizar equipamento de proteção em atividades esportivas, por exemplo.

Compartilhe essa notícia: