Notícias Viva Mais

Hepatologia PUBLICADO EM 08/06/2020

Hepatite C x Materiais não esterilizados

Com participação do Dr. André Lyra, especialista em Hepatologia e Gastroenterologia

Hepatite C x Materiais não esterilizados

A hepatite C é uma doença silenciosa, causada por um vírus, transmitida através de sangue e agulhas contaminadas, também pode ser transmitida por sexo, mas é pouco frequente. Desse modo, é de extrema importância a utilização de materiais esterilizados ou descartáveis.

“Caso faça um procedimento que tenha inoculação de uma agulha ou um material que é perfurocortante de um indivíduo para o outro sem uma esterilização adequada, sem dúvida, é uma forma de transmissão para a hepatite C e isso, embora seja menos frequente, é descrito. As pessoas devem evitar o compartilhamento de material de manicure, tatuagem, tem que fazer com material próprio ou com material esterilizado ou descartável, preferencialmente”, recomenda o Dr. André Lyra.

É importante tomar os devidos cuidados quando for fazer as unhas, o ideial é que cada pessoa tenha o seu próprio material e que não compartilhe com outras pessoas, os utensílios cortantes se forem compartilhados podem transmitir o vírus.

A melhor forma de prevenir a hepatite C é evitar o uso de materiais perfurocortantes que foram compartilhados com outras pessoas. O mais adequado é esterilizar ou descartar o material, além disso, uso de preservativo para que não haja transmissão sexual.

Compartilhe essa notícia: