Notícias Viva Mais

Alimentação PUBLICADO EM 26/11/2015

Comer nozes diariamente pode ser bom para a saúde

Alimento tem sido considerado saudável por muitos nutricionistas

Comer nozes diariamente pode ser bom para a saúde

Um estudo recente, publicado no BMJ Open Diabetes Research & Care, afirma que incluir nozes na dieta diária é benéfico à saúde. Os pesquisadores estudaram as implicações de uma dieta rica em nozes, incluindo níveis de colesterol, peso e qualidade da dieta. O objetivo principal foi investigar algumas das alegações de saúde um pouco mais detalhadamente.

O estudo concluiu que comer nozes diariamente leva a uma melhora na função da parede dos vasos sanguíneos (epitelial) e uma redução dos níveis de colesterol. Os ensaios também mostraram pouco ou nenhum efeito de nozes de uma série de outros parâmetros, incluindo a pressão arterial.

As maravilhosas nozes
A noz tem sido anunciada como um alimento saudável por muitos nutricionistas. Ela é um alimento denso e gordo, que compreende cerca de 15% de proteína e impressionantes 65% de gordura. Nozes também contêm quantidades elevadas de magnésio (163% da dose diária recomendada em 100 g de nozes), vitamina E e vitaminas do complexo B.

Estudos anteriores afirmaram que a noz retarda o câncer de próstata, reduz o colesterol e sensibilidade à insulina. Outros afirmaram que as nozes reduzem a pressão arterial, o estresse oxidativo e marcadores inflamatórios.

As nozes na dieta
Foram analisados 112 pessoas, 31 homens e 81 mulheres, com idades entre 25-75 anos, todos com um risco relativamente elevado de desenvolver diabetes. Os participantes foram divididos em dois grupos: um grupo recebeu aconselhamento para conseguir uma dieta de baixa caloria; o outro grupo não o fez. Dentro de cada um dos grupos, os indivíduos foram aleatoriamente divididos novamente em mais dois subgrupos. O primeiro subgrupo consumiu 56 g de nozes por dia, o outro não comeu o alimento durante 6 meses. 

Após controle para fatores como idade, quantidade de exercício físico regular e ingestão de calorias e gordura, os autores do estudo concluíram que as nozes foram associados com a melhoria da qualidade da dieta. É importante ressaltar que o estudo parece mostrar um funcionamento epitelial melhorado nos participantes que consumiam as nozes. Os pesquisadores também descobriram uma redução no LDL (colesterol ruim).

Por outro lado, talvez sem surpresa dado os seus níveis calóricos, aqueles em dietas sem controle, que comiam nozes diariamente, viram um aumento na gordura corporal total. No entanto, quando combinado com uma dieta de restrição calórica, a circunferência da cintura diminuiu significativamente.

Os investigadores concluem:
“Nossos dados sugerem que a inclusão de nozes na dieta, com ou sem aconselhamento dietético para ajustar a ingestão calórica,  melhorou a qualidade da dieta e também pode melhorar a função endotelial e reduzir o colesterol total e LDL nesta amostra de adultos em risco de diabetes”.

Os pesquisadores dizem que mais estudos precisam ser realizados antes de quaisquer conclusões. Serão necessárias pesquisas com uma maior variedade de pessoas para que as conclusões sejam mais sólidas.

Compartilhe essa notícia: