Todas as mulheres podem se submeter a terapia de reposição hormonal quando a menopausa chegar?

Viva Mais Viva Melhor - Trecho da entrevista com: Dr. Alan Coutinho

Publicado: 1 de fevereiro de 2017 - Atualizado: 4 de junho de 2019

Não, nem todas as mulheres podem fazer a reposição hormonal. Porém, são poucas as que possuem contraindicações absolutas para o risco.
– A reposição não deve ser recomendada para mulheres que tiveram câncer de mama. Contudo, esta contraindicação se dá atualmente mais pela falta de evidência científica de segurança do uso do estrogênio em mulheres que já tiveram câncer de mama do que pela clara evidência do risco na sua utilização;
– Já mulheres com histórico de um tipo de câncer de ovário, o tipo endometrióide, não podem fazer reposição hormonal. Os outros tipos de cânceres de ovário não estão contraindicados o seu uso;
– Mulheres com histórico de câncer de endométrio também não deve ser recomendada a reposição hormonal;
– Mulheres com doenças cardiovasculares graves ou histórico de infarto não devem também fazer o uso de reposição hormonal.
Portanto, se a mulher não tem nenhum problema grave com as mamas, com o útero, com o ovário ou com o coração, a reposição hormonal pode ser feita de forma tranquila, principalmente se iniciada antes dos 60 e com menos de 10 anos da menopausa.