Câncer de Fígado: Pessoas pertencentes aos grupos de risco devem realizar exames específicos para detectar a presença de lesões precocemente?

Viva Mais Viva Melhor - Trecho da entrevista com: Dr. Bruno Protásio

Publicado: 6 de dezembro de 2016 - Atualizado: 4 de junho de 2019

Sim, mas isso deve ser discutido caso a caso com o médico clínico ou mesmo com o hepatologista. Por exemplo, pacientes que, sabidamente, são portadores de doença hepática avançada, a cirrose, devem ser acompanhados, de perto, por um médico hepatologista. Esses pacientes têm um risco muito maior de desenvolver câncer de fígado, quando comparados com a população geral. Diferentemente da população geral, esses pacientes se beneficiam de exames periódicos, a exemplo do ultrassom e da tomografia do abdome.