Bipolaridade: Livre-se do Preconceito!

Viva Mais Viva Melhor - Trecho da entrevista com: Dr. André Gordilho

Publicado: 17 de janeiro de 2017 - Atualizado: 4 de junho de 2019

A família precisa ficar atenta à mudança do paciente e, ao identificar a mudança, entender isso como um problema médico. Em geral, as pessoas têm muita dificuldade em compreender os problemas mentais como um problema médico, é muito envolto de uma aura de preconceito e dificuldade de entender o problema e, geralmente, deixam para tomar providência quando a doença já está num grau bastante avançado.